Multipessoal

O que não responder à sua chefia...


Mais do que a valorização da hierarquia e o respeito pela mesma, esta lista é sobre a forma como não deve olhar para o seu trabalho e, por isso, apresentá-lo à sua chefia. O seu potencial deve ser valorizado, mas o seu gosto e motivação pelos resultados também. Então, evite comentários como:

“Isso não faz parte das minhas funções”
E que tal substituir por “Quero ajudá-lo, mas se o fizer não entrego este outro projecto a tempo” ou “Tenho este tempo disponível entre projectos. Como posso ajudar?”
É bom para o seu perfil profissional participar noutras atividades não pertencentes à sua função. Deste modo aprende sobre outras áreas e sobre o funcionamento da própria organização. Mas, se para o fazer, estiver a colocar o seu trabalho em causa, deve avisar. Deste modo consegue perceber quais as prioridades.

“Isso vai ser impossível”
Posso dar uma ideia?! Porque não fazemos antes assim?” ou “Penso que deste modo funcionará melhor porque (…)” Não lhe soa melhor?
Uma atitude negativa não é saudável para ninguém. Além disso, o seu chefe gostará de ver o seu conhecimento sobre o assunto e de ouvir propostas fundamentadas.

“A culpa não é minha”
Mesmo que a culpa não seja sua, não adianta nada “apontar o dedo”. Mostre-se interessado em encontrar uma solução e não em encontrar um culpado.

“Não sei…”
É uma frase que, a maior parte das vezes, pode e deve ser completada! Como?
“Não sei… O que pode dizer-me sobre o assunto?”
“Não sei… Quais são as melhores fontes sobre o tema?”
“Não sei… mas vou investigar sobre isso!”

Não seja derrotista consigo e com o seu trabalho. Acredite em si e na sua capacidade de aprender. Ninguém sabe tudo e isso não é um problema. O problema é não ter interesse em saber mais.

Experimente fazer este switch e verá que o ambiente de trabalho será propício para o desenvolvimento profissional de todos, não colocando ninguém em questão!

Multipessoal Blog

Blog oficial do Grupo Multipessoal, o blog sobre carreira, recursos humanos e emprego que eleva a sua carreira e o seu potencial.

Sem comentários:

Enviar um comentário