Multipessoal

Empregos de verão na praia, na cidade ou no campo



Empregos de verão na praia, na cidade ou no campo


O fim de junho significa, para a maioria dos jovens, o início de um período muito apetecido e há muito desejado: as férias grandes. São quase três longos meses de ócio, de descanso, de festa e folia, que se estendem até ao regresso às aulas, lá para meados ou fins de setembro. E ainda que nunca sejam consideradas demais, as férias configuram-se como uma oportunidade para conquistar alguma independência, traduzida numa verba extra, para acrescentar experiência a um currículo provavelmente a precisar de ser enriquecido ou simplesmente para ajudar a aprender mais sobre responsabilidade. 


Ofertas há muitas, sobretudo sazonais, destinadas a ocupar os lugares que, por cá, o crescimento do número de turistas faz nascer (ou renascer). Trabalhos que podem ser dentro de quatro paredes ou ao ar livre, ao longo de um dia inteiro ou apenas durante algumas horas, permitindo juntar o útil ao agradável. 


É o caso do nadador-salvador. Num País à beira mar plantado, com praias a perder de vista e piscinas que ajudam a refrescar os dias quentes, este é um trabalho com muita procura, mas que exige dedicação e empenho. Para quem gostaria de ter o areal como local de trabalho, importa saber que nem todos podem desempenhar esta tarefa, sendo necessária a frequência obrigatória de um curso. Para quem já fez a formação, aqui encontra as vagas disponíveis. Para os que ainda não o fizeram, agora só para o ano. Basta estar atento ao site da Autoridade Marítima Nacional, onde são publicadas as datas e locais dos cursos. 


Trabalhar em part-time num call-center permite juntar também o melhor de dois mundos: não torna inviáveis as horas passadas na praia ou na piscina e garante, ao mesmo tempo, a possibilidade de ganhar algum dinheiro extra para concretizar aqueles desejos de verão que exigem mais do que apenas a mesada dos pais. 


O verão é também a época por excelência dos campos e colónias de férias, dos programas especiais nos centros de atividades e de ocupação de tempos livres. Para quem gosta de trabalhar com crianças, ser monitor num destes espaços é uma opção. Para encontrar as vagas, basta fazer uma busca pelos sites das Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia, que costumam ter vagas para atividades deste género. 


Seja distribuir panfletos, dar a experimentar um produto ou simplesmente convidar para conhecer uma loja, ser promotor é um trabalho disponível todo o ano, mas com mais ofertas no verão. Vagas não faltam na Branding. O mais difícil é mesmo escolher. 


Para os adeptos da natureza, a apanha de fruta, que também se intensifica nos meses mais quentes, é a oportunidade de passar umas temporadas no campo e ganhar algum dinheiro enquanto o faz. Um trabalho que pode ser fisicamente exigente, mas com o potencial para se transformar numa verdadeira aventura. Mais informações aqui.

Multipessoal Blog

Blog oficial do Grupo Multipessoal, o blog sobre carreira, recursos humanos e emprego que eleva a sua carreira e o seu potencial.

Sem comentários:

Enviar um comentário