Multipessoal

Retenção de talentos e as ferramentas para o conquistar


Retenção de talentos e as ferramentas para o conquistar

O mercado de trabalho já não é hoje como era num passado que todos bem recordam. Nos tempos da crise económica, de uma austeridade que se fez sentir nos níveis de desemprego, era mais a procura do que a oferta, o mesmo é dizer, mais os que procuravam do que aqueles que contratavam. Hoje, as coisas estão diferentes. A recuperação económica tem-se traduzido por uma também recuperação laboral. São menos os que não têm emprego e menos os que procuram um novo posto, aumentando, do lado das empresas, a busca por profissionais. Uma busca que pode culminar com uma troca, levando o colaborador a mudar de empregador, o que dá um novo ênfase à questão da retenção de talentos.

Mais do que manter os seus profissionais, as empresas têm que se esforçar cada vez mais por manter os seus talentos e por conquistar novos e igualmente talentosos funcionários. E num mercado cada vez mais competitivo, isso faz-se muito com recurso a uma cultura empresarial que ainda vai faltando no nosso país. Para que uma empresa seja a escolhida, há características que importa cultivar. Como estas:

Liderança
Uma liderança forte, íntegra, estandarte dos valores da companhia é essencial nos dias de hoje. É por aí que tudo começa e sem ela dificilmente um candidato se deixará conquistar pela empresa.

Progressão na carreira
Ninguém quer ficar a marcar passo. É, por isso, preciso que a empresa consiga mostrar aos candidatos até onde estes podem ir em termos de progressão na carreira, fomentar o seu crescimento enquanto profissionais, permitir que cheguem mais longe, o que pode passar por ações de formação e pela oferta de cursos. O que nem sempre é fácil, sobretudo quando se trata de empresas de pequena dimensão.

Reconhecimento e recompensa
É cada vez mais essencial reconhecer o trabalho feito, quer seja através de benefícios extra, da valorização do talento, da atribuição de bónus, de dias de férias a mais, tudo isto capaz de dar ao colaborador a sensação de pertença e de que vale a pena fazer parte daquele universo. As recompensas podem ser ou não financeiras e costumam fazer a diferença entre ficar ou trocar aquela por outra empresa.

O fim das barreiras
Para facilitar a vida aos colaboradores, evitando que percam o seu precioso tempo em busca de informação, é também importante criar as ferramentas, equipamentos e acessos para que possam dar uso, sem obstáculos, ao seu talento. 

Multipessoal Blog

Blog oficial do Grupo Multipessoal, o blog sobre carreira, recursos humanos e emprego que eleva a sua carreira e o seu potencial.

Sem comentários:

Enviar um comentário