Multipessoal

Conciliar carreira e família: uma ginástica nem sempre fácil… mas possível


Conciliar carreira e família: 
uma ginástica nem sempre fácil...mas possível

É um malabarismo que muitos profissionais já se habituaram a fazer: gerir a vida familiar e a carreira. Verdadeiros atletas, começam cedo as maratonas, com uma corrida para a escola, onde deixam os filhos, seguida de outra, desta feita para o trabalho, na esperança de conseguir fazer as duas coisas a tempo. Seguem-se as reuniões, de olhos postos no relógio, com a hora de ir buscar os mais pequenos a aproximar-se a passos largos, diretamente proporcional à ansiedade sentida e ao receio de não conseguir estar a horas para o fazer.

Esta é uma gestão que não costuma ser nem fácil e nem pacífica, e que termina, não raras vezes, com a vitória de um dos lados, o profissional. No outro, o pessoal, usa-se e abusa-se da desculpa do trabalho, que na maioria das vezes não se compadece com a vida que há em casa, com aquilo que deveria ser o equilíbrio entre uma coisa e a outra a transformar-se numa intenção.

E não, não vamos dizer que é fácil ou até, em alguns casos, possível conseguir que os dois lados vivam juntos em harmonia. Mas há formas de ajudar a colocar as coisas em perspetiva e de, pelo menos, minimizar os danos causados por esta gestão ‘danosa’.

Tudo começa com a honestidade, com a capacidade de aceitar apenas aquilo que somos capazes de concretizar, deitando para trás das costas o receio de parecer mal a quem paga. Impor limites é uma das primeiras regras, à qual se junta a capacidade de dizer não, que pode parecer mais fácil do que é na realidade. É tudo uma questão de prioridades e o que é necessário é reconhecer que há sempre coisas que são mais importantes do que outras.

Nesta equação entra também a questão da saúde. Pode parecer conveniente aproveitar as horas de almoço para trabalhar ou trocar uma alimentação equilibrada por aquela que ‘rouba’ menos tempo, como a ‘fast-food’, mas os efeitos de longo prazo têm também influência neste equilíbrio que se pretende. Efeitos negativos, leia-se.

A organização é essencial e, como o tempo não estica, planear o dia é uma ferramenta cada vez mais importante nesta gestão. Depois, porque a vida já é complicada o suficiente, não é necessário complicar ainda mais. Por isso, procure simplificar, no trabalho e em casa.

Multipessoal Blog

Blog oficial do Grupo Multipessoal, o blog sobre carreira, recursos humanos e emprego que eleva a sua carreira e o seu potencial.

Sem comentários:

Enviar um comentário