Multipessoal

Como reacender a chama da paixão… pelo trabalho


Como reacender a chama da paixão... pelo trabalho

É uma paixão nem sempre correspondida, aquela que temos com o emprego. Uma relação que, tal como acontece com tantas outras, pode não resistir à rotina, à monotonia, aos altos e baixos, com as pequeninas coisas a transformarem-se em grandes problemas, até terminarem os dois, trabalho e trabalhador, de caras voltadas. E não, não pense que o problema é apenas seu. Dizem as estatísticas que, globalmente, cerca de dois terços das pessoas, independentemente das suas áreas de trabalho, estão insatisfeitas com o trabalho. A culpa é das imensas solicitações, dos horários cheios, das tarefas sucessivas que não nos dão tempo para parar e apreciar o que fazemos.

Mas também aqui é possível reacender a chama da paixão. Tudo começa, ou deve começar, com um exercício de reflexão, que pede um olhar crítico sobre a situação em causa. Algo que pode exigir uma licença sabática ou, se esta estiver fora de questão, uns dias de férias para pensar. Pergunte a si mesmo se não estarão as suas expectativas demasiado elevadas para a tarefa que desempenha e, caso a resposta seja afirmativa, tente moderá-las um pouco. Depois, pense sobre o motivo que o levou a aceitar o emprego que tem e sobre aquilo que mais o agradava no início da relação laboral. Desta forma será mais fácil identificar o que não gosta.

Há pequenas mudanças que podem surtir um grande efeito, pequenas coisas, como interromper as longas horas de trabalho para ir tomar um café e respirar fundo. Mas há também as outras, as que exigem algum risco. Como pedir a quem de direito as mudanças que considera capazes de o fazer voltar a apaixonar-se pelo trabalho, como um horário mais flexível ou melhores condições laborais.

Multipessoal Blog

Blog oficial do Grupo Multipessoal, o blog sobre carreira, recursos humanos e emprego que eleva a sua carreira e o seu potencial.

Sem comentários:

Enviar um comentário