Multipessoal

Gestor de carreira: quando e para quem?


Gestor de carreira: quando e para quem? 

O mundo do trabalho mudou. Está mais intenso, mais volátil, mais aberto e, ao mesmo tempo, mais exigente. Deixou de haver ‘o trabalho para a vida’, que foi trocado por múltiplas possibilidades, num mundo laboral repleto de incertezas. No meio de tudo isto, mudam também os candidatos, ou pelo menos têm que mudar, forçados pelo que deixou de ser como era antes à sua volta. É para orientar neste caminho, tantas vezes incerto e sinuoso, que existe o Career Management ou a gestão de carreira. “Trata-se de um conhecer da pessoa e de o aconselhar de um caminho”, explica Nathalia Leite, responsável por esta área na Msearch, do Grupo Multipessoal. “Quem faz esta gestão é uma pessoa que domina o mercado e que, olhando para o currículo da pessoa e conhecendo as suas capacidades, ajuda a delinear o caminho a seguir”, acrescenta.

Este gestor, conhecido como consultor, trabalha lado a lado com o profissional que, insatisfeito com o seu trabalho atual ou disponível para abraçar novas oportunidades, tem interesse num acompanhamento que é pessoal, adaptado às necessidades de cada um e que exige um conhecimento do profissional que vai muito além do que se encontra no seu currículo. “O CV não é preditor do tipo da pessoa, da sua personalidade”, refere a especialista. É por isso que é essencial a entrevista presencial, uma conversa a dois que visa avaliar os pontos mais e menos fortes, as capacidades e potencialidades de um determinado candidato.

O consultor é, desta forma, um analista, um catalisador da mudança, um motivador, um negociador, um coacher e muito mais. No caso da Msearch atua em três grandes domínios de mercado: Engineering & Technologies, Sales & Marketing e Finance & Banking, ainda que, de acordo com Nathalia Leite, este seja um serviço considerado transversal, uma vez que pode ser importante em várias outras áreas. Este serviço é de facto procurado por pessoas de diferentes setores de atividade e com diferentes percursos profissionais. “Temos uma elevada procura por parte de profissionais estrangeiros, que procuram entrar no mercado nacional e desejam aconselhamento para isso mesmo”, explica a consultora. “Mas o mercado mudou muito e isso significa que as pessoas têm que se adaptar. Por isso, temos também procura por parte de cada vez mais profissionais portugueses que ficaram sem trabalho e de muitos que, embora o tenham, gostavam de mudar de funções.”

De resto, Nathalia Leite confirma que, atualmente, a procura já se divide de forma equilibrada entre os que procuram trabalho porque não o têm e os que o têm, mas desejam a mudança. “Há uma rotatividade laboral muito maior desde 2014 e que tem vindo a aumentar, sendo este ano um dos que mais a sentiu. E a gestão de carreira segue essa tendência.”

O Career Management é um programa disponibilizado pela Msearch, que combina o diagnóstico e condução do profissional aos objetivos a alcançar, tudo isto ao longo de quatro fases: a definição dos objetivos de carreira, o diagnóstico de motivações, a definição de plano de ação e as sessões de treino individual.

Multipessoal Blog

Blog oficial do Grupo Multipessoal, o blog sobre carreira, recursos humanos e emprego que eleva a sua carreira e o seu potencial.

Sem comentários:

Enviar um comentário