Multipessoal

Baterias recarregadas: é hora de encontrar um novo desafio!


Baterias recarregadas: é hora de encontrar um novo desafio!

As férias não são apenas para quem está empregado. Findo o período de verão, o regresso ao trabalho faz-se, por tradição, para os estudantes (com o início das aulas), para quem tem emprego, e não só. Ainda que a lógica tenha tendência a ditar que de fora desta lista ficam os que não têm trabalho, também para estes, agora com as baterias recarregadas, é tempo de regressar… mas à busca pela melhor oportunidade. E se nem sempre é fácil retomar a rotina diária do emprego depois de um período em que pouco (ou, de preferência, nada) se fez relacionado com ele, o mesmo pode acontecer quando se tem que voltar ao modo ‘procura de trabalho’.

É para estes que aqui deixamos alguns conselhos. Está na hora de voltar a arregaçar as mangas e acreditar que aquele emprego que tanto deseja (e merece) pode estar apenas à distância de um anúncio. Para isso, o primeiro passo é identificar o objetivo subjacente à busca. Uma tarefa fácil, dirão muitos. Sim, é claro que encontrar um emprego é o resultado pretendido. Mas há outras questões, estas nem sempre tão simples de responder, que importa identificar: que tipo de emprego? Qual o cargo que deseja ocupar? E quais as empresas onde mais gostaria de trabalhar?

O passo seguinte é passar da teoria à prática, o mesmo é dizer, começar a procurar. Mais do que uma busca passiva é preciso proatividade, uma palavra que o mundo laboral tem em grande consideração. Em inglês, a palavra certa aqui é networking. Por cá, nem precisamos de a traduzir, uma vez que tanto a expressão, como o princípio a ela subjacente são bem conhecidos. Se ainda não a tem, a ideia é criar uma rede de contactos, dar-se a conhecer e, quem sabe, encontrar a oportunidade certa. Antes disso, faça primeiro uma revisão ao seu currículo e atualize o que estiver em falta.

Para quem está sem trabalho há muitas vezes a tentação de pensar que se tem todo o tempo do mundo para procurar. Afinal, os dias têm 24 horas e para quem não tem horários a cumprir estas podem ser bem longas. De facto, o tempo existe, mas o melhor mesmo é criar uma rotina, definindo as horas para procurar nos sites de ofertas, para enviar e dar resposta aos emails.

Vem por último, mas é talvez um dos mais importantes conselhos: não se deixe desanimar se faltarem as respostas aos currículos enviados. E se estiver a precisar de um pouco de confiança, sugerimos-lhe este vídeo de uma participação de Alain de Botton numa TED Talk, onde o filósofo e fundador da Escola da Vida analisa os pressupostos do fracasso e do sucesso e defende que “quando pensamos no fracasso, uma das razões pelas quais tememos falhar é o medo de sermos julgados e ridicularizados pelos outros”.

Multipessoal Blog

Blog oficial do Grupo Multipessoal, o blog sobre carreira, recursos humanos e emprego que eleva a sua carreira e o seu potencial.

Sem comentários:

Enviar um comentário